Você Sabia? Rick Riordan escreve carta pedindo boicote aos filmes da saga “Percy Jackson”

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês? Comigo tudo ótimo.
Hoje voltei para passar uma notícia fresquinha para vocês, vi essa notícia ontem no site Sobre Sagas e me surpreendi o que foi dito. Vamos conferir?


De acordo com esse site citado o autor Rick Riordan pediu através de uma carta para os professores o boicote dos filmes da Saga Percy Jackson. Ele pediu para que os filmes não fossem mostrados para os alunos e ainda sugeriu a exibição de Furia de Titãs.

Caso esteja curioso para saber o que o autor falou, confira a carta abaixo.
Querido Professor,

Oi! Eu sou tão grato pelo fato de você estar ensinando mitologia grega para os seus alunos e talvez lendo meus livros com eles. Espero que dê certo! Se você quiser algumas idéias de plano de aula eu tenho uma tonelada de material livre no meu site, em sua maioria extraídos dos meus próprios quinze anos como um professor de escola secundária.

Agora um apelo: Por favor, pelo amor de inteligências múltiplas, não mostra esses filmes de “Percy Jackson” (aspas irônicas intencionais) em sua sala de aula para uma lição de contraste e comparação ou, deuses nos livre, uma “recompensa” no final de sua unidade. Nenhum grupo de estudantes merece ser submetido a esse tipo de punição entorpecente. O valor educativo dos filmes é exatamente zero. A melhor utilização do tempo de sala de aula seria. . . bem, praticamente qualquer coisa, incluindo olhando para o relógio durante cinquenta minutos ou tirar o dia para limpar o armário.

Se você precisar de uma pausa e estiver usando o filme para que você possa ter tempo para dá uma olhada em alguns papéis, ei, eu entendo totalmente isso. Eu fui professor por um longo tempo! Posso sugerir “Fúria de Titãs”, ou a versão de 1960 de “Jasão e os Argonautas”, ou “Heck”, e até mesmo a animação de “Hércules” da Disney, apesar de ser tão ruim. Esses filmes têm muitas coisas para comparar e contrastar com os mitos gregos reais. Mas meu coração rompe toda vez que ouço que o tempo de sala de aula está sendo jogado fora assistindo as maçantes adaptações de Percy Jackson.

Talvez as crianças desejem ver por conta própria. Tudo bem. Tanto faz. Pessoalmente, eu preferia ter meus dentes arrancados sem anestesia, mas cada um decide o que quer. Mas gastar o tempo em aula com esse filme, entretanto? Eu já justifiquei muitos atos meus em meus anos como professor. Uma vez usei a churrasqueira para falar sobre sacrifícios para deuses Gregos com os meus alunos da sexta série. E em outra eu ensinei o tradicional jogo Zulu ao rolar melancias em uma colina e espetava-as com um cabo de vassoura. Também houveram aulas de esgrima enquanto estudávamos Shakespeare, reencenamos completamente Epopeia de Gilgamesh, e, sim, assistimos vários grandes filmes uma vez ou outra. Mas eu posso pensar em zero justificativas para assistir as adaptações de meu filme como parte do currículo escolar. (E por favor, não chame isso de meus filmes. Eles não são de qualquer forma meus.)

Obrigada pela atenção. Espero que você tenha um grande ano escolar. Espero que suas crianças estejam animadas para a leitura. E eu espero que você considerará o pedido desse escritor. As crianças não precisam de tempo em classe para aprender que filmes podem ser muito, muito ruins. Elas vão descobrir por si mesmas.

Sinceramente,
Rick Riordan




Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa novidade, comentem aí em baixo o que acharam da atitude do autor e se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no Twitter, me seguir no Pinterest e me adicionar no Skoob.

No mais é isso! Muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau.


Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Oie, tudo bem?
    Estou meio divida sobre essa atitude do Tio Rick, ama os livros de Percy Jackson, mas só conheci eles por causa do filme ruim, então acabou sendo bom pra mim assistir os filmes - na época gostava de mitologia, mas não procurava livros sobre o assunto. Claro, como adaptação os filmes são péssimos, mas são bons filmes se você não considerar isso, então, porque não assistir? Claro, ainda espero uma série ou algo do gênero de PJ, até mesmo se fizerem um reboot, qualquer coisa que melhore a versão cinematografia será ótimo, mas não acho que devemos desprezar os filmes que já tem.
    É uma questão bem complicada e que fica até um pouco confusa se você for parar para pensar, então ainda não sei se gostei ou não da atitude dele. Espero que esse professor estimule os seus alunos a lerem PJ!
    Beijos, Resenhas da Day

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dayane! Tudo bem? Compreendo por completo o seu modo de pensar.
      Confesso que não gostei dos dois primeiros filmes, pois eles não seguiram a risca o tema do livro e em parte compreendo o que o tio Rick queria dizer. Mas fazer o que! Todos temos opiniões, basta aceitarmos. Bjs

      Excluir
  2. Bom saber que mais alguém se decepcionou com os filmes! É meio chocante vindo do próprio autor, mas ao mesmo tempo mostra como ele está infeliz com essas adaptações. Se eu escrevesse um livro e ele fizesse sucesso, pensaria bilhões de vezes antes de vender os direitos para filmes com medo de acabarem com a minha história.
    Seguindo..
    http://curaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalie! Compreendo e concordo plenamente com você.
      Bjs

      Excluir