Vamos conversar? Como comecei minha vida literária.

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês? Comigo tudo ótimo.
Ah poucos dias divulguei um  imagem lá no Instagram avisando que iria voltar com o canal, para que isso ocorre-se, pedi dica de vídeos e uma leitura me sugeriu o seguinte:



Anotei a dica dela, mas ao reler a pergunta acabei vendo que não teria tanta coisa para falar, então resolvi fazer a postagem escrita. Por isso volto com o quadro "Vamos conversar?" nele iremos  falar de Como comecei minha vida literária.


Para aqueles leitores que são novos aqui no Um baixinho nos Livros, meu nome completo é Marciano da Silva, mas sou conhecido como Marcio Silva. Tenho atualmente 25 anos e moro em Novo Hamburgo/RS.

Comecei a minha jornada literária "se não me engano" aos 23 anos. Agora vocês devem estar se perguntando por que tão tarde assim... Como todos sabem nos tempos de escola lemos por obrigação e nunca por espontânea vontade, nunca tive interesse em pegar um livro e começar a ler.

A leitura veio em um tempo que eu não tinha nada para fazer, naquele tempo já existia blogs e canais tanto literário quanto dentre outros. Eu já pensava em criar um blog, mas nunca sabia o assunto e muito menos como ele iria se chamar.

Um dia eu estava navegando pela internet e vi um vídeo literário do canal Tríplice Literária que atualmente está meio que desativado, pois eles pararam um pouco de fazer conteúdo e me encantei pelo modo que eles estavam falando. Foi aí que resolvi começar a ler, mas para isso eu precisava ter um livro e mergulhar nesse universo... Naquele tempo fui em um supermercado e lá vi um livro que me chamou bastante atenção, comprei, li e amei. Dali em diante não parei mais de ler.

Que livro é esse?

Esse livro vocês já estão casados de escutar todo mundo falando que é o Percy Jackson e o Ladrão de Raios... Ao terminar essa leitura e sem saber o que fazer, queria compartilhar a minha experiência com outras pessoas, mas não tinha com quem conversar. Foi aí que resolvi criar um blog, levei um tempinho para escolher um nome que foi De olho na Estante, nesse blog fiz poucas postagens e exclui. Senti que esse não era o que eu queria e pensei bem antes de criar outros.

No dia 4 de outubro de 2014 me veio a ideia de criar esse blog e foi o que fiz, mas acabei-me desanimando e excluindo! Como sabemos cada conta que deletamos fica três meses e depois é excluído por completo. Mas o Um baixinho nos Livros me mexeu tanto que no dia 13 do mesmo mês eu reativei e estou até hoje com ele aqui conversando com vocês.

O meu propósito era atualizar sempre que lesse um livro novo e não tinha tempo previsto para fazer postagens, tanto que nem sempre tinha... Você deve estar se perguntando por que eu não tinha procurado parceria.

Primeiramente! Parceria é uma coisa séria e eu não me sentia tão confiante para procurar... Só me surgiu a oportunidade, quando uma blogueira amiga "que fiz na época" me disse para procurar parceria com autor, fiquei-me perguntando se seria certo. Vi que vários blogs estavam fechando e foi aí que resolvi começar a procurar.

Tanto que no dia 6 de abril do ano passado o blog fechou sua primeira parceria e desde aquele dia eu resolvi começar a fazer postagens mais frequentes aqui no blog, onde passei a aparecer três vezes por semana. Como todo blogueiro usei o template simples que o blogger oferece, mudei para um que achei na internet e com o tempo acabei sentido que não era o que eu queria, foi aí que eu mesmo fui criando cada detalhe e surgiu esse que vocês estão vendo hoje.

Quanto a parceria com editoras, esperei o blog amadurecer mais, tanto o conteúdo quanto o tempo e quando completou 1 aninho de vida comecei a me inscrever em processo de seleção. A Chiado surgiu primeiro, pois como sabemos é só colocar o banner e pronto.

Já a Arqueiro essa me deixou de boca aberta, pois todos sabemos que é difícil passar em um processo seletivo, inclusive fui recusado em diversas editoras e quando recebi a resposta em pleno 1° de abril deste ano, fiquei eufórico. Pensava que era mentira, mas no dia seguinte quando recebi a news vi que era verdade.

Uma dica que eu dou para você que está tentando parceria com editoras "Nunca desista", pois um dia você poderá conseguir... Eu não vou desistir da Galera Record, Intrínseca, Rocco e dentre outras.

Mas Marcio! Meu conteúdo não é tão bom assim.

E quem disse que o meu é bom? Estou tentando melhorar cada dia mais e sempre tem editoras que valorizam os blogueiros que nunca desistem... Estejam sempre atualizando seu blog, nem que seja uma vez por semana, pois assim vocês começaram a se destacar e as pessoas verão que você existe.

Vocês podem notar que minha jornada literária começou aqui e vocês podem ver o quanto meu conhecimento está crescendo. Só tenho a agradecer aos autores/as editoras pela oportunidade de ler as obras e claro à vocês por estarem me acompanhando.



Então é isso pessoal, espero que tenham gostado dessa postagem! Se tiverem alguma pergunta ou dúvida é só me falarem aí em baixo que responderei e se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no "Twitter" "Pinterest" "Instagram" e me adicionar no Skoob.

No mais é isso! Muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Oi Márcio,

    que post bacana! E nunca é tarde para aprender a gostar de livros, eu sou viciada em literatura desde criança, mas sempre me sinto bem ao ver que outras pessoas, seja cedo ou tarde, se apaixonam por esse mundo também! A Arqueiro é uma parceira incrível e, não se preocupe, muitas outras virão ainda! Boa sorte com o blog!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana! Que bom que gostou e muito obrigado. Bjs

      Excluir
  2. Eu de novo por aqui HUEHUEHUEHUEHEU
    Moço o senhor demorou para conhecer o fantástico mundo dos livros einh? Eu fico muito feliz por minha mãe desde muito cedo me ensinar a ter amor pela literatura e hoje eu tento passar esse amor para a minha irmã mais nova que não lê nem recado do Facebook, tarefa difícil? sim, mas não desisto pois reconheço a importância.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa! É hoje em dia a literatura não é tão valorizada, mas nunca é tarde para iniciarmos nessa jornada... Quanto a incentivar os outros para ler também é o nosso objetivo. ^^

      Excluir