Vamos conversar? Preconceito Literário

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês?
Hoje trago uma postagem que talvez não gostem de falar! Que é o Preconceito Literário, espero que gostem e vamos lá.


O preconceito é um fenômeno social que existe desde os primórdios da humanidade, das mais distintas formas. Sempre julgamos o outro e tendemos a torcer o nariz quando ele não está de acordo com os nossos padrões. O errado é sempre o outro, porque a nossa referência são nossos próprios valores. Assim, existem os preconceitos racial, social, de gênero, linguístico e, por que não, literário. {Trecho do blog HomoLiteratus}

Existem tantos motivos para termos ou não preconceito. Por exemplo um determinado livro aborda um assunto que não gosto ou vai contra os meus princípios de igreja.... Falando como se fosse a vida real, desde que me conheço por gente, convivi com muitas pessoas que tem problemas de saúde ou também oposta da minha cor.

Fui aprender com o tempo que ninguém é mais que ninguém e que somos todos iguais, devemos apenas respeitar para sermos respeitados. Não sei por que mas a sociedade colocou um padrão que para ser uma modelo tem que ter certos requisitos, enquanto aquela que não tem fica de fora deixando seu sonho sumir como se fosse fumaça.

Também posso falar da cor de pele que é muito julgada e também as pessoas que não se identificam com o seu sexo, pois pensam que são do sexo oposto surgindo assim os transexuais! São tantos preconceitos que não tenho como lembrar, mas voltando ao assunto: Os livros também são julgados, pode ser pela capa, pela pessoa que escreveu ou também como falei o assunto.

Basta termos consciência e darmos a devida oportunidade para conhecermos novas obras. Devo lembrar que a pessoa que escreveu ou o próprio livro não tem culpa de passar uma mensagem que se destina a diversas pessoas que irão ler um dia, estamos aqui para apenas viajarmos sem sair do lugar e saber como é a mente de outra pessoa para melhorarmos a nossa cada vez mais.

Sei que como sou blogueiro literário, surgem muitas oportunidades para fazer leituras. Muitos não já recebi e muitos não já dei. Confesso para vocês que não tenho preconceito com leituras de livros destinado a um determinado público, mas já neguei livros que o seu formato era oposto do que sou acostumado a desfrutar "além claro de avaliar se irei ler ou não aquela obra, pois o que adianta aceitar se sei que irei deixar de lado sem dar a devida opinião".

Se você quer ser um blogueiro literário, aconselho a avaliar muito bem o que você quer! Não entre de cabeça pensando que vai receber livros do nada. Se ponha no lugar da pessoa que escreveu determinada obra. O que ela quer é a sua ajuda para divulgar o que foi escrito e tenha em mente que você tem que estar fora da caixa, ou seja, você não pode estar do lado de ninguém.

Falo isso por que tem que haver sinceridade no que irá falar. Sei que muitos autores ou quem sabe também editoras estão atentos em tudo o que você irá dizer. Não é por que você recebeu a oportunidade de ler o livro que irá falar só coisa boa para não perder a confiança que conseguiu, saiba que quem vai ler está esperando sua opinião sincera e caso você falar uma mentira terá gente que não voltará mais ver outras dicas.

Veja o meu caso: Já tive diversas oportunidades de ler obras demais e falo tudo sem me importar com o que os outros vão falar. Se irão me xingar que me xinguem, estou passando apenas minha opinião. Já vi gente falando só de bem de obras e pensei assim "O puxa saco, está com medo de perder a confiança dessa pessoa" além também de ser xingado por ter falado coisas que ninguém gostaria de escutar, mas isso não me importa se estou aqui é para falar tudo que achei sem desmoralizar ninguém por que tenho que ser sincero com meu leitor, pois é ele que está procurando informações sinceras para decidir se adquire ou não o que está sendo avaliado.

Acho que falei de mais (risos)! Como de costume irei indicar alguns livros e espero que gostem das dicas.

Tema: Homossexualismo

Rafe saiu do armário aos 13 anos e nunca sofreu bullying. Mas está cansado de ser rotulado como o garoto gay, o porta-voz de uma causa.
Por isso ele decide entrar numa escola só para meninos em outro estado e manter sua orientação sexual em segredo: não com o objetivo de voltar para o armário e sim para nascer de novo, como uma folha em branco.
O plano funciona no início, e ele chega até a fazer parte do grupo dos atletas e do time de futebol. Mas as coisas se complicam quando ele percebe que está se apaixonando por um de seus novos amigos héteros.



Livros escrito por Mulheres

 Só mais um Espetáculo

Connie Mereditch vive uma vida normal, estuda em um típico colégio americano e tem uma ou duas pessoas que pode chamar de 'amigos'. Mora com sua mãe, seus avós, sua irmã mais nova, por parte de mãe, e sua tia; mas nunca teve um pai. Quando se conforma com tal coisa, tudo dá um giro de 360º em sua vida e ela deverá aprender que nem tudo é como planejamos e imaginamos, mas que quando a nossa rotina é abalada, os resultados podem ser melhores do que acreditamos poderem ser.






A Deusa de Anília e outras histórias

A Deusa de Anília
Um terrível dragão aterroriza a ilha. Krisna Rimeriano precisará de toda sua determinação e coragem para salvar sua amada ilha e conquistar o coração do valente Negro.
A Maldição de Gohran
A cidadela de Manarga vive sob uma maldição imposta pelo temível dragão Gohran. O jovem Menetto e seus companheiros precisam ser bem sucedidos para que Manarga não desapareça.
Mielim e a Harpa Encantada
A harpa dourada foi roubada, debaixo das orelhas pontudas dos Elfos de Lothuen. Bravos guerreiros saíram no encalço do ladrão.
O inferno de Razhenda
O Reino de Razhenda foi devastado por Cormedhor de Austrúcia, um mago ensandecido, que vem se utilizando de seres humanos como cobaias para suas experiências cruéis.
Tremaría e o Gigante da Montanha de Gelo
Uma terrível e monumental criatura, está aterrorizando os viajantes que precisam cruzar a Montanha do Vento Cortante. Kági, Dovan, Armando, Sáfio Liso e a doce barda Jocelyn precisam urgentemente de um trabalho, pois seus bolsos estão vazios.

A Guardiã do Fogo

Logo antes de sua avó morrer, Sofia recebe um medalhão de dragão como presente de aniversário. Alguns anos depois, ao ser atacada por uma anja negra, um ser mágico maligno, o poder dentro da garota desperta e ela surge em um Plano diferente do nosso.
Sofia aprende que o medalhão permite que ela manipule o fogo. Ela terá que descobrir como voltar para casa sã e salva, pois uma seita de magas, ureons, e demônios estão à espreita.
Sofia depende de sua própria coragem e da amizade dos seus amigos para vencer os obstáculos e os perigos do caminho, e descobrir quem ela realmente é. Além de encarar um amor impossível.
Será ela capaz de controlar o fogo ou se deixará consumir por ele?

São tantos assuntos e também livros para abordar que não podemos falar tudo junto se não a postagem fica grande, mas em geral seria isso que tenho para falar com vocês! Comentem aí em baixo o que acharam e se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no "Twitter" "Pinterest" "Instagram" "Amino" "Snapchat" e me adicionem no "Skoob" "Goodreads" "Google +".

No mais é isso, muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário