TAG: Frases de Mãe [Original]

Venha conferir a TAG mais famosa do dia das Mães

Leia mais

Diário de um Cardiopata

Venha conferir alguns capítulos do meu primeiro livro.

Leia mais

Boas Compras

Compre livros e ajude o blog a crescer.

Leia mais

05 fevereiro 2018

Especial: John Green

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês?
Hoje vim estrear mais um quadro aqui no blog que é o ESPECIAL. Onde irei selecionar um(a) autor(a) para poder falar um pouco mais dele(a) e mostra suas obras. Para iniciarmos EU escolhi o autor John Green, caso quiserem um autor especifico irei disponibilizar um formulário no final da postagem e assim saberei o que trazer. Tudo bem? Vamos lá?

John Michael Green (Indianápolis, Indiana, 24 de agosto de 1977) é um vlogger, empresário, produtor e autor norte-americano de livros para jovens.Escreveu vários livros premiados como Looking for Alaska (Quem é você Alaska?), Paper Towns (Cidades de Papel) e The Fault in Our Stars (A Culpa é das Estrelas), que foram sucesso de público e crítica, sendo que estes dois últimos foram transformados em filmes, que foram muito bem na bilheteria. Em 2014, Green foi listado na revista Time como uma das "100 Pessoas mais Influentes do Mundo".

Além do seu trabalho como escritor, John também é conhecido por seus trabalhos no YouTube. Em 2007, lançou o canal VlogBrothers com seu irmão, Hank Green. Desde então, John e Hank criaram Project for Awesome e a VidCon, além do projeto educacional Crash Course, focado em história, literatura e ciência, que também aborda assuntos como economia, política, astronomia, filosofia, psicologia, sociologia e entretenimento.

Seus livros já venderam mais de 50 milhões de cópias pelo mundo, incluindo 4,5 milhões no Brasil.

Vida e início da carreira

John Green nasceu em Indianápolis, filho de Mike e Sydney Green. Sua família mudou-se, três semanas após seu nascimento, para Birmingham, Alabama e depois para Orlando, Flórida, onde se assentaram por um período mais extensivo de tempo. Frequentou a Lake Highland Preparatory School e depois a Indian Springs School (escola usada como cenário do livro Looking for Alaska) e se formou pelo Kenyon College em 2000 com diploma duplo: em Inglês e Estudos Religiosos. Ele já falou sobre sofrer bullying na adolescência e como isso tornava a vida dele infeliz.

Depois de se formar na faculdade, Green passou cinco meses trabalhando como capelão estagiário em um hospital pediátrico enquanto estava matriculado na "University of Chicago Divinity School" (embora ele nunca tenha comparecido às aulas). Ele tinha planos de se tornar um pastor da Igreja Episcopal dos Estados Unidos, mas a experiência de trabalhar em um hospital com crianças sofrendo de doenças com risco de vida o inspiraram a ser um autor, e a escrever alguns anos depois The Fault in Our Stars ("A Culpa É Das Estrelas").

Viveu muitos anos em Chicago, onde trabalhou para o jornal Booklist como assistente de publicação e editor de produção, enquanto escrevia Looking for Alaska. Trabalhando lá, ele revisou centenas de livros, particularmente ficção e livros sobre o Islã ou gêmeos siameses. Também foi um crítico de livros para o The New York Times Book Review e escritor para NPR e outra rádio menor de Chicago. Green morou em Nova York por dois anos enquanto sua esposa fazia faculdade.


Trabalho como escritor

O primeiro livro de Green, Looking for Alaska, foi lançado em 2005 , pela Dutton Children's Books, um romance adolescente inspirado em coisas que ele viveu na escola Indian Springs. O livro recebeu o prêmio Michael L. Printz da American Library Association. Seu segundo trabalho, An Abundance of Katherines (Dutton), foi lançado no ano seguinte. Assim como seu predecessor, foi muito bem recebido pela crítica.

Em 2008, junto com os autores Maureen Johnson e Lauren Myracle, Green ajudou a escrever Let It Snow: Three Holiday Romances (ed. Speak: The Penguin Group), que contém três histórias interconectadas, incluindo "A Cheertastic Christmas Miracle", escrita por Green.

Ainda em 2008, seu terceiro trabalho, Paper Towns, estreou na quinta posição na lista de best sellers do The New York Times, sendo que este livro foi, em 2015, adaptado para filme. Em 2009, Paper Towns foi premiado com o Edgar Award de "Melhor Livro para Jovens Adultos" e o Corine Literature Prize de 2010. Green junto com seu amigo David Levithan, colaboraram para o livro Will Grayson, Will Grayson, publicado pela Dutton em 2010, que tem uma temática LGBT.

Seu sexto livro, The Fault in Our Stars ("A Culpa é das Estrelas"), foi lançado em janeiro de 2012. Ele recebeu, para fazer este livro, grande ajuda de sua editora Julie Strauss-Gabel. Green afirmou que várias partes de The Sequel (um livro que ele tinha começado a trabalhar e depois abandonou) acabaram em The Fault in Our Stars. Green assinou cerca de 150 000 cópias da primeira tiragem. O livro ficou no topo da lista dos mais vendidos do The New York Times por duas semanas entre janeiro e fevereiro de 2012. The Fault in Our Stars também foi adaptado para um filme, de mesmo título, lançado nos Estados Unidos em 6 de junho de 2014 e foi um sucesso de bilheteria.

Em outubro de 2017, John lançou seu sétimo livro, Turtles All the Way Down, que foi mais um sucesso de crítica e público.


Essas informações foram tiradas do site Wikipedia sendo assim para mais informações acesse esse LINK.

Como vocês devem saber, depois de muito tempo sem escrever nada Johm Green nos surpreende com uma obra implacável e que mostraria como sua mente funciona. Caso não saibam o nosso autor querido possui uma doença que o fez por dias ficar sem querer fazer nada, mas que quando conseguiu passou tudo para o papel! Eu falo de ...


A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto lida com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).
Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, transtorno mental que o afeta desde a infância –, Tartarugas até lá embaixo tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.



Mas enfim! São tantas informações para passarmos que selecionei as melhores do Wikipedia e escrevi aqui para vocês... Como dito: Caso você queira me indicar algum autor para fazer um especial é só escrever nesse formulário "Não se preocupe com sua identidade, pois não é necessário se identificar".






Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa postagem comentem aí em baixo o que acharam e se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no "Twitter" "Pinterest" "Instagram" "Snapchat", me adicionem no "Skoob" "Goodreads" "Google +" e não esqueçam de compartilhar essa postagem "além de convidar seus amigos para ler" que irá me ajudar muito a crescer/ser conhecido.


No mais é isso, muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau

2 comentários:

©Um baixinho nos Livros - 2017. Todos os direitos reservados. - Criado por: Marcio Silva. - Tecnologia do Blogger. imagem-logo