TAG: Frases de Mãe [Original]

Venha conferir a TAG mais famosa do dia das Mães

Leia mais

Diário de um Cardiopata

Venha conferir alguns capítulos do meu primeiro livro.

Leia mais

Boas Compras

Compre livros e ajude o blog a crescer.

Leia mais

28 abril 2017

Resenha #54: Epicuro em meu jardim

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês?
Hoje iremos conversar sobre o livro Epicuro em meu jardim que recebi de parceria com o autor Marcos Welinton Freitas e espero que gostem! Vamos lá?

Epicuro em meu jardim
Livro recebido de parceria com o autor
Autor: Marcos Welinton Freitas
Págs: 110
Gênero: Romance
Formato: 14 X 21
Editora: Multifoco  |  Selo: Desfecho Romances
Lançamento: 2017
Sinopse: A vida às vezes nos põe no pelourinho, abrindo em nós feridas que parecem que nunca cicatrizarão, foi assim com Hedonê. Após perder o grande amor da sua vida em circunstâncias fatais, a tristeza abraçou-a de tal modo que até a única coisa que podia salvá-la de si mesmo ela perdeu, a sua literatura. A poesia deixou de fazer-lhe companhia, e ela se tornou uma escritora falida, sem muito o que dizer do mundo, e sem interesse de permanecer viva. Para aplacar sua dor e sentir-se como antes, buscando o seu antigo eu perdido, Hedonê se veste com toda a sua luxúria e sai às ruas da cidade à procura de corpos que possam lhe proporcionar o prazer que haverá de lhe afastar da dor. Nessa busca compulsiva por uma saciedade perdida, ela acaba conhecendo Eros, um jovem e belo fotógrafo que a arranca da sua zona de desconforto e a faz repensar a sua vida e a sua obrigação de seguir em frente, mesmo após tudo o que fora tirado dela.
Nesse livro conhecemos em primeira pessoa do singular Hedonê "como assim quer ser chamada" uma escritora/poeta que perdeu a pessoa que mais amava no mundo e que a satisfazia por completo. Com essa fatalidade ela parou de escrever por que não tinha mais inspiração para seguir em frente.

"Porque há desejo em mim, é tudo cintilância.
Antes, o cotidiano era um pensar alturas
Buscando aquele outro decantado
Surdo à minha humana ladradura.
Visgo e suor, pois nunca se faziam.
Hoje, de carne e osso, laborioso, lascivo
Tomas-me o corpo. E que descanso me dás
Depois das lidas. Sonhei penhascos
Quando havia o jardim aqui ao lado.
Pensei subidas ondas não havia rastros.
Extasiada, fodo contigo
Ao invés de ganir diante do Nada".
Hilda Hilsts: Homônio 'Do Desejo'

Para esquecer a tristeza se entregava à vários homens, mas não achava neles o que o outro lhe dava enquanto estava vivo. Até que tudo muda quando conhece Eros que a leva as nuvens e a deixa sem saber o que fazer... Incomodada com seus sentimentos vai até uma tarologa e ao termino da consulta se sente mais segura para seguir sua vida.


Sei que essa narrativa é muito curta e pra isso tenho uma explicação! Como podem ver o livro é muito pequeno e cada deslize pode estragar a leitura de vocês. Ele é um livro simples, mas com uma intensidade de sentimentos que não tem quem se sinta tocado pela escrita do autor.

No meu ponto de vista a narrativa é poética com pegada erótica. Falo isso por que neste livro tem cenas bem quentes "ou como dizemos: cenas obscenas". Já vou falando que tem alguns palavreados que se eu fosse criança minha mãe não iria deixar ler (risos).

As carateristas da personagem são brevemente descrita e o foco total da narrativa é o sentimentos dela. Mostra como é o desenvolvimento dela até ela desvincilhar por completo do luto que sentia por dentro... Gostei bastante da história e mega recomendo para aqueles que querem começar a adentrar o gênero erótico.

Para você "assim como eu" que não sabe o que significa o título no Wikipedia diz que Epicuro de Samos (em grego antigo: Ἐπίκουρος, Epikouros, "aliado, camarada"; 341 a.C., Samos — 271 ou 270 a.C., Atenas) foi um filósofo grego do período helenístico. Seu pensamento foi muito difundido e numerosos centros epicuristas que se desenvolveram na Jônia, no Egito e, a partir do século I, em Roma, onde Lucrécio foi seu maior divulgador. Saiba mais

Antes de transformar essa história em um livro fisico Marcos a lançou no WATTPAD e quando teve a oportunidade foi chamado pela editora Multifoco para levar sua obra para fora da tela do computador. Caso não saiba essa editora já havia lançado antes uma obra do autor que não parou mais de escrever.

Voltando a resenha vamos falar do livro em si: a arte é muito bonita, vemos nela a imagem de uma estátua de deusa "é assim que vejo" com o fundo todo florido "sim tem flores", as orelhas são toda rocha com as descrições brancas, a lombada também é florida mas bem clara destacando somente a escrita e quanto o verso do livro segue esse último quesito que falei.

As folhas são grosas e amareladas, a fonte não é muito grande e nem muito pequena "ela está entre meio esses dois", temos breves separações de cena, o título de cada capítulo "digamos" é simples mas bem ajustado e quanto a revisão! Essa sim dou os parabéns, pois não tem erro nenhum de ortografia e muito menos de concordância... Não podia esquecer de dizer que existem poemas no meio da história... Parabéns Macos continue assim que você se sairá bem no mercado literário.


E atenção pessoal! Tem novidades para vocês: O autor conversou comigo e resolvemos fazer um Booktour desse livro, caso quiserem participar cliquem na imagem abaixo, leiam as regras, se inscrevam e aguarde meu retorno que em breve iniciaremos esse projeto.




Então é isso pessoal! O que acharam dessa resenha? Comentem aí em baixo se me sai bem e claro se leriam essa obra. Se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no "Twitter" "Pinterest" "Instagram" "Amino" "Snapchat" e me adicionem no "Skoob" "Goodreads" "Google +".

No mais é isso, muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau

14 comentários:

  1. Olá!
    Não conhecia o livro nem o autor, mas achei a capa muito bonita, assim como interessante a sua premissa. No entanto essa pegada "obscena" me desanimou. Não sou puritana, cheia de mimimis, só estou cansada do gênero erótico e seus afins.
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nizete! Lhe entendo, mas obrigado por dar uma passadinha aqui conferir minha resenha.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Primeiramente, parabéns pela parceria com o autor. Eu não conhecia o livro ainda, mas fico feliz que você tenha gostado da leitura.
    Sendo bem sincera, não é um estilo que me agrade muito e, por isso, não pretendo ler. Mas acredito que para quem tenha interesse em livros eróticos, pode ser uma ótima indicação.
    De qualquer forma, gostei muito da sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria! Que bom que gostou, fico muito feliz.

      Excluir
  3. Oi!
    Apesar da tua resenha positiva, e muito bem feita, eu não curti nada nesse livro. Acho que a história tem uma tendência muito forte ao drama e ao romance e não gosto nem de uma coisa nem de outra. Vou passar a dica desta vez.
    ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mia! Lhe entendo e muito obrigado por conferir essa resenha.

      Excluir
  4. Oi, tudo bem? Duas coisas que preciso comentar: a poesia em destaque e a cor do seu blog. Que lindeza! Somos iguais na cor e no gosto, no caso desse livro. Muito interessante! Vou buscar mais informações. Beijos!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carolina! Que bom saber que gostou, fico muito feliz.

      Excluir
  5. Ola, tudo bem?
    Achei muito interessante a premissa do livro, so não ficou claro se o livro é escrito em forma de poesia ou somente continha algumas partes. Achei interessante voce mencionar que o autor começou no wattpad.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa! Estou bem e você? A narrativa é em forma poetica e tem trechos de poesias do autor durante a leitura. Bjs

      Excluir
  6. Olá,
    Desconhecia tanto a obra quanto o autor. Achei a premissa bem interessante e dei risada na parte em que você fala sobre a obra ter algumas passagens meio obscenas e que mamãe não deixaria fazer a leitura!
    A capa é muito bonita e achei legal saber que o autor começou a história no Wattpad.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele! Que bom saber que achou legal e quem diria. kk

      Excluir
  7. Título e premissa bem interessantes. Isso por si só já garantiria espaço na lista de leituras...
    Pena que eu tive experiências bem ruins com booktours (bem mais no sentido de demora de envio, problemas com o correio e tal) e por esse motivo não participo mais dos mesmo, senão até arriscaria para ler o livro.
    Mas vou deixar ele anotado aqui, vai que surge uma oportunidade ;)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lica! Quem bom saber que gostou e lhe compreendo perfeitamente... Nem sempre as pessoas cumprem as regras quem sabem em uma próxima não é mesmo?

      Excluir

©Um baixinho nos Livros - 2017. Todos os direitos reservados. - Criado por: Marcio Silva. - Tecnologia do Blogger. imagem-logo