Vamos conversar? Livros baseados em Jogos

E aí pessoal! Tudo bem com vocês?
Ultimamente estamos em uma era que a tecnologia está cada vez mais próxima da humanidade e com isso as pessoas estão se esquecendo o quão importante é vivermos o momento sem se afastar das redes sociais e claro dos apps que tanto amamos.

Pensando nisso, hoje vim falar de um livro que me chamou bastante atenção que é o Pokemon Extreme. Que é uma história literária baseada no aplicativo/jogo Pokémon Go que está pirando a cabeça de todos os fãs de Pokémon.


Existem tantos livros adaptados de jogos que não tenho como falar de todos nessa postagem, mas como já dito vou indicar apenas o livro Pokemon Extreme que foi escrito pelo youtuber/gamer Venom Extreme! Para quem não sabe Pokémon é uma franquia de mídia que pertence a The Pokémon Company, tendo sido criada por Satoshi Tajiri em 1995. Ela é centrada em criaturas ficcionais chamadas "Pokémon", que os seres humanos capturam e os treinam para lutarem um contra o outro como um esporte.


A franquia começou com um par de jogos lançados para o Game Boy original, desenvolvidos pela Game Freak e publicados pela Nintendo. Atualmente, a franquia se estende em jogos, cartas colecionáveis, série de televisão, além de filmes, mangás e brinquedos. Pokémon é a segunda franquia de mídia de jogos mais bem sucedida e lucrativa do mundo, atrás da franquia de Mario que também pertence a Nintendo.

Venom "como já dito" tem um canal no youtube onde ele faz uma série de vídeos no jogo Minecraft que é um jogo eletrônico tipo sandbox e independente de mundo aberto que permite a construção usando blocos (cubos) dos quais o mundo é feito. Foi criado por Markus "Notch" Persson. O desenvolvimento de Minecraft começou por volta do dia 10 de maio de 2009. A jogabilidade foi baseada nos jogos Dwarf Fortress, Dungeon Keeper e Infiniminer. Foi vencedor do prêmio VGA 2011 de jogos independentes.

Minecraft É um jogo basicamente feito de blocos, tendo as paisagens e a maioria de seus objetos compostos por eles, e permitindo que estes sejam removidos e recolocados em outros lugares para criar construções, empilhando-os. Além da mecânica de mineração e coleta de recursos para construção, há no jogo mistura de sobrevivência, e exploração.

Voltando para o que estavamos falando do Venom que mostra de uma forma interativa "para seu público" jornadas na captura de Pokémon em seu mundo que tem mais de 5.000.000 inscritos. Os vídeos dele são muito bons e essa história criada, mostra o quão imaginaria é sua cabeça! Ele se coloca como personagem principal de sua própria história e isso é a coisa mais louca/absurda que já vi.

Confira a RESENHA
O canal de Venom Extreme tem quase 6 milhões de inscritos, comcerca de 1 bilhão de visualizações. Ele grava e publica vídeos diários para os fãs de games, principalmente Minecraft, e foi um dos pioneiros desse tipo de atividade no Brasil.

Enquanto Venom espera seus amigos chegarem ao parque para jogar Pokémon Go, ele avista um Pokémon raro, que na verdade nunca esteve no jogo, e sai em sua perseguição.
De repente, um Pokéstop esquisito, todo colorido, surge na tela do seu celular.
Os acontecimentos estranhos continuam até que ele se vê no Mundo de Dentro, e o que era virtual passa a ser real.
Agora, ele vai precisar jogar de verdade e disputar batalhas perigosas para se defender, ajudar seus novos amigos Kira e Sato a recuperar o poder de seu ginásio e resgatar o Professor Oliveira, o único que pode auxiliar Venom a encontrar o caminho de volta.
Porém nada mais é tão simples quanto apertar um botão...


No jogo podemos escolher como o nosso personagem vai ser, como irá se chamar e qual será nosso Pokómon inicial "Bulbassauro, Charmander ou Squirtle". Dizem que para pegarmos o Pikachu temos que rejeitar três vezes esses Pokémons citado e voltando o meu inicial é o Squirtle, pois é o que acho mais legal.


Mas a vida não é tão fácil assim, temos é que capturar o nosso Pokémon inicial e após isso vamos começar nossa jornada. Como sabemos nos pokestop pegamos mais pokebolas e sempre ganhamos alguns brindes que variam para cada um. Quando chegamos no nível cinco podemos escolher entre os times Instinct, Mystic e Valor "o meu é o Instinct".



A partir desse nível "se bem me lembro" também recebemos ovos de pokémons que se chocado sairá um novo amiguinho para nos ajudar a passar de nível. Mas a coisa é simples, pois devemos coloca-lo na encubadora e para sabermos qual pokémon é, devemos percorrer quilômetros para quebra-lo e aí sim saber o que é.


Existem ovos de dois (2), cinco (5) e dez (10) quilômetros que se colocado na encubadora e percorrido os km citados sairão novos pokémons. Nunca se sabe qual Pokémon se sairá do ovo, mas o que vale é se divertir... No momento estou no nível oito (8) e já capturei mais de trinta (30) pokémons "ainda não achei o Pikachu".

Já fiz algumas evoluções para ter alguns pokémons que tanto quero "mesmo eles estando com CP baixo", mas para quem quer colecionar os amiguinhos assim como eu vale a intenção. O meu Buddy "amiguinho de jornada" é "por enquanto" o Pidgey que assim que percorrido me dá uma Candy de sua especie.

Tsambém tentei batalhar nos ginásios, mas como meus Pokémons tem CPs baixo perdi na hora, pois é uma jogo de estratégia que devemos panejar muito bem para não perder.

Falando em nível de CP! O meu Pokémon mais forte é o Vaporeon que evolui das Eevees que capturei "aqui na minha cidade tem bastante Eevee e olha que isso é bom".

Acabei pesquisando e pelo que li em breve poderemos trocar entre nós "jogadores" pokémons que não temos. Isso será muito top, pois vai que tentei capturar um que por várias vezes não consegui e o amigo tem. Isso facilitará para quem gosta de colecionar pokémons.




Em geral era isso que eu tinha para falar desse tema, espero que tenham gostado da proposta dessa postagem, comentem aí em baixo o que acharam me dizendo qual nível você está e qual time escolheu. Se for a sua primeira vez aqui no blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no "Twitter" "Pinterest" "Instagram" "Amino" "Snapchat" e me adicionem no "Skoob" "goodreads" "Google+".


No mais é isso! Muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Eu sempre vejo esses livros vendendo na Cultura mas nunca comprei nenhum.
    Ótimo post!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo! Mas espero que quando tiver a oportunidade que goste. Bjs

      Excluir