Desafio Literário: Comidas Literárias

E aí meus baixinhos queridos! Tudo bem com vocês? Comigo tudo ótimo.
Hoje vim responder um desafio literário que vi lá no Amino Livros, cuja, quem não conhece é um Aplicativo/Rede Social para leitores interagirem entre si não importando a sua localidade ou quem sabe fazerem uma amizade! Inclusive quando entrei lá não conhecia nada, fui mexendo e aos poucos fui me adaptando até que achei um Chat onde só tinha leitores do meu estado. Entre uma conversa e outra resolvemos criar um grupo no Whats só de Gaúchos Leitores para conversarmos a hora que quiséssemos sem ter aquele medo de não ter alguém no momento para responder.

Caso não saibam sou do Rio Grande do Sul, mais especifico moro na capital do calçado "Sim! Moro em Novo Hamburgo". Que mundo pequeno NÊ? Mas vamos parar de falar asneiras e vamos explicar que desafio é esse. Ele se chama Comidas Literárias que consiste em pegarmos algumas comidas citadas nas histórias literárias e ligarmos a livros... Vocês entenderam com o decorrer da postagem.


1. Feijõezinhos de todos os sabores (Harry Potter): Um livro que te fez passar por emoções variadas. São tantos livros que me fazem ter emoções váriadas, mas um em especifico foi o livro

Quando o amor bater à sua porta
Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu.
Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.
Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.
O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja.
Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer.
A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego.
Nele sentimos paixão, angústia e raíva. Só lendo para entender o por que essas sensações... Já tem RESENHA aqui no blog é só conferir.


2. Manjar turco (As crônicas de Nárnia): Um livro com uma capa linda, mas com um conteúdo que não te agradou. Confesso que não demorei muito para pensar nessa resposta e escolhi o livro

O Feiticeiro de Terramar
Há quem diga que o feiticeiro mais poderoso de todos os tempos é um homem chamado Gavião. Este livro narra as aventuras de Ged, o menino que um dia se tornará essa lenda.
Ainda pequeno, o pastor órfão de mãe descobriu seus poderes e foi para uma escola de magos. Porém, deslumbrado com tudo o que a magia podia lhe proporcionar, Ged foi logo dominado pelo orgulho e a impaciência e, sem querer, libertou um grande mal, um monstro assustador que o levou a uma cruzada mortal pelos mares solitários.
Publicado originalmente em 1968, O feiticeiro de Terramar se tornou um clássico da literatura de fantasia. Ged é um predecessor em magia e rebeldia de Harry Potter. E Ursula K. Le Guin é uma referência para escritores do gênero como Patrick Rothfuss, Joe Abercrombie e Neil Gaiman.
Quando a Arqueiro mandou a news do mês que foi lançado esse livro eu pensei: Nossa que linda capa, vou pedir e foi o que fiz, inclusive veio um banner/pôster que é lindo "ainda não coloquei em minha parede, mas assim que der irei enquadrar", comecei a ler e logo no início da história me perguntei: Que porcaria é essa? A autora deve estar brincando "só pode" e foi assim que fiquei na história inteira, achava que ia melhor e não melhorou nada. Se vocês irem ver minha RESENHA dei duas estrelas, pois é o máximo que esse livro deve receber, espero que os demais sejam melhores que esse primeiro.


3. Ensopado da Capital (Jogos Vorazes): Um livro que você está querendo ler a muito tempo. São tantos os livros que quero ler "ex: Harry Potter, Os Heróis do Olimpo, etc", mas um em especifico que tenho em minha estante é o box de

Divergente
Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.
Sei que já devia ter lido a tempo, mas as prioridades são tantas que não dá tempo de desfrutar dessa leitura. Assim que der vou ler e falar sobre minha experiência para vocês.


4. Bolinhos de limão da Sansa (As crônicas de gelo e fogo): Um livro que não param de falar sobre. Nos tempos de hoje não existe uma pessoa que não sonha em ser escritor e não demora muito lança um livro, cuja, é o caso de Eduardo Cilto autor de

Traços
Quando Matheus aceitou acompanhar Beatriz na festa do colégio, jamais imaginou que terminaria a noite participando de um ritual místico (de veracidade duvidosa) para saber o que o futuro reservava para ele e a amiga. Assim que as velas que os cercavam se apagam e uma resposta esquisita encerra a cerimônia, Beatriz leva o resultado a sério e entende que deve fugir da cidade pequena para se encontrar com seu destino nas ruas da capital de São Paulo. Perdido no meio de tudo, Matheus é obrigado a repensar o que considera certo ou errado quando é convidado para participar do plano maluco de fuga e decide que precisa passar por cima dos limites impostos pelos pais para finalmente ser capaz de entender quem realmente é. Os dois amigos partem sozinhos para São Paulo e carregam consigo não somente as malas nas costas, mas também o peso de todos os problemas que achavam que estavam deixando para trás. Sem ter ideia do que estão enfrentando, Matheus e Beatriz descobrem mais sobre si mesmos, criam, quebram laços e encaram desafios que jamais pensaram que confrontariam enquanto contavam as moedas para realizar esse grande plano que iria mudar suas vidas para sempre.
Como sabemos o Eduardo é um Book tuber e teve a oportunidade de lançar pela Planeta o seu primeiro livro, tive a oportunidade de ler/resenhar para o blog Pensamentos Valem Ouro e foi uma leitura muito boa.


5. Comidas azuis (Percy Jackson): Um livro com a capa azul. Vocês já estão cansados de ver a capa de

Surpreendente!
Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.
O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o prêmio mais importante do cinema brasileiro.
O problema: não ter a menor ideia de como fazer isso.
Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora na periferia, Pedro planeja seu próximo filme - a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem, feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.
É muito linda né? Já sabem tem RESENHA.


6. Biscoitos com manteiga de amendoim (A maldição do tigre): Um livro bem grudento(meloso). Quem aí nunca leu

A Culpa é das Estrelas
Hazel foi diagnosticada com câncer aos treze anos e agora, aos dezesseis, sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões. Ela sabe que sua doença é terminal e passa os dias vendo tevê e lendo Uma aflição imperial, livro cujo autor deixou muitas perguntas sem resposta. Essa era sua rotina até ela conhecer Augustus Waters, um jovem de dezessete anos que perdeu uma perna devido a um osteosarcoma, em um Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Como Hazel, Gus é inteligente, tem senso de humor e gosta de ironizar os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Com a ajuda de uma instituição que se dedica a realizar o último desejo de crianças doentes, eles embarcam para Amsterdã para procurar Peter Van Houten, o autor de Uma aflição imperial, em busca das respostas que desejam.
Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.
Não preciso falar o por que né? Tem COMPARAÇÃO.



Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa postagem, comentem aí me baixo um livro que a capa é linda mas a história é uma porcaria e se for a sua primeira vez aqui ni blog, lhe convido a seguir, se inscrever no canal, curtir a página do blog lá no Facebook, me seguir no "Twitter" "Pinterest" "Snapchat" "Instagram" "Amino" e me adicionem no Skoob.

Eu gostaria de taguear todos aqueles do Grupo Gaúchos Leitores que tem blog para responderem esse desafio, também quero que a Taty Salazar do Coleções Literárias e a Vanessa do Pensamentos Valem Ouro respondam esse desafio.

No mais é isso, muito obrigado pela sua atenção e até a próxima. Tchaau
Comentários
2 Comentários

2 comentários: